quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Fala Barato e Fala Caro...

Fala...


Fala a sério e fala no gozo
Fá-la pela calada e fala claro
Fala deveras saboroso
Fala barato e fala caro
Fala ao ouvido fala ao coração
Falinhas mansas ou palavrão
Fala à miúda mas fá-la bem
Fala ao teu pai mas ouve a tua mãe
Fala francês fala béu-béu
Fala fininho e fala grosso
Desentulha a garganta levanta o pescoço
Fala como se falar fosse andar
Fala com elegância - muito e devagar.

Alexandre O´neill
















Estava eu a passear na casa das Miús e deparei-me com uma acolhedora sala de visitas. Na tentativa de me encaixar naqueles maravilhoso itens, conclui que sem dúvida fico na secção dos fala-barato, neste caso particular "escreve barato". Já muitas vezes me apercebi que debito mais palavras nas caixas de comentários dos blogues que visito, do que no meu próprio blogue, a razão é muito simples, acho os vosso blogues mais apelativos do que o meu, e então sinto-me à vontade, tiro os sapatos calço as pantufas e acomodo-me nas vossas salas-de-estar a tomar chá enquanto debito palavreado acerca dos assuntos que partilham, bem apelativos por sinal, à troca de ideias. Se ainda a isto acrescentar que já dei por mim a apagar comentários porque a meio pensei "ok agora passei a barreira do abuso" porventura pensarão, agora está de certo a brincar connosco... Brincalhona... 
Não é objectivo meu tornar os meus comentários em testamentos simplesmente muitos dos posts que escrevem apelam ao meu sentido criativo que nem sempre fica satisfeito ao dizer um simples "concordo" ou "discordo", não é por mal que o faço :) E se notarem que por vezes ultrapassei a barreira do abuso por favor digam-me, não é por acaso que muitas vezes peço desculpa pelo tamanho dos comentários. Já que falo da minha maneira de escrever peço desculpa pelos erros de pontuação, e aproveito para informar, que tenho noção que dou erros a colocar pontuação, sobretudo vírgulas, mas é algo que estou a tentar corrigir. Engraçado que a professora que mais me deu na cabeça à conta disso foi a minha professora de Inglês, que foi aquela professora do tipo, ou aprendes ou aprendes, e a quem devo tudo o que sei de inglês. 
E pronto, é isto, e estou a falar a sério quando digo para me informarem caso passa a barreira do abuso nos comentários, sou crescida e sei lidar com críticas construtivas :)

40 comentários:

  1. No tienes por que disculparte, porque tus Entradas siempre son inspiradísimas y llenas de sensaciones.
    Um abraço e beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Luis, muito obrigado pelas palavras :)

      Beijos

      Eliminar
  2. Sou o teu oposto.

    Sou calada. Observo mais do que falo e a escrever sou totalmente sintética!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mona Lisa, se eu tiver a responder a perguntas de um exame também sou assim, posso tentar procurar o teste em que precisei de mais espaço do que aquele que era dado para responder a uma pergunta e não encontro :)

      Já na troca de opiniões é diferente, porque não se tratam de perguntas, é uma escrita e uma partilha diferente. Nem sempre acontece, mas por vezes de acordo com os temas alongo-me.

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Só tu, Poppy, para fazeres uma publicação destas. Tem mesmo a tua cara.

    E caso duvides, é mesmo um GRANDE elogio! :-D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Menezes, ainda bem que colocaste no final que era um elogio caso contrário ia ficar a pensar "o que é que ele quis dizer com aquilo?" :p

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Querida Poppy, eu e a Miú I ficamos muitos felizes que te sintas bem na nossa sala de visitas! E não falas nada demais, pois o que dizes é bem dito. Fossem todos como tu! Vírgulas? Alguém disse que vírgulas são tropeções da alma - e contra mim falo (e não "fá-lo", eheheh), pois ensinar vírgulas faz parte do meu 'métier' de Sísifo...:(
    Um beijinho grande para a nossa faladora preferida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miú obrigado por tais palavras, é mesmo um conforto muito grande, há temas que pedem um bocadinho mais, como foi aquele caso das peles, ou então simples divagações sobre arte nova, ou sobre as molduras com fotos que a minha mãe faz questão de ter na sala :)

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Se passares no meu blog podes ser uma escreve barato que eu não me importo nada! =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jovem Sonhadora, há temas que me puxam bem pela inspiração, pode acontecer :) Beijinhos

      Eliminar
  6. Por mim estás à vontade.
    adoro comentários sentidos.
    os lol e smiles dizem pouco.

    Fala querida que é terapeutico.

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pérola, obrigado :) Por vezes há posts onde simplesmente não tenho muito a acrescentar, há outros que pedem um bocadinho mais de palavras, sentidos são sempre :)

      Sim falar é terapêutico.

      Beijinhos

      Eliminar
  7. Quanto a mim é isto: nunca mais me apareças no tasco a pensar se sim ou sopas, se exageraste no tamanho ou conteúdo. Eu gosto que dês largas às falangetas. E quando reabrir, estarei à tua espera. E nao falta muito :-)

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pukinhas, a única coisa que eu quero saber é do vinho do Porto e dos tremoços :p Brincadeira

      Sim, já sabes que por vezes estico-me nas observações, outras vezes pouco há a acrescentar, também depende dos dias!

      Beijinhos

      Eliminar
    2. Já estão aacabar os tremoços... e o vinho pouco falta... Estamos abertos.

      Eliminar
  8. Gosto de comentários cheios de conteúdo, são um prazer de ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. S* ainda bem que dizes isso, porque assim, quando falares do Rui Rio e eu me lembrar de extrapolar o assunto para o Fernando Ruas e para o facto de Viseu estar uma cidade muito bonita e desenvolvida e blá blá blá fico mais tranquila :)

      Eliminar
  9. Eu gosto muito de pessoas que falam bastante nos comentários...sinais de que, como disse, a pessoa sentiu-se tão confortável e convidada a apreciar o trabalho do outro que não teve outra opção a não ser falar. Tem coisa melhor?
    Curioso seu texto...já me peguei fazendo comentários em blogs que dariam um belo texto. Deve ter acontecido contigo também. :D Talvez seja, como disse, a inspiração que o outro nos desperta. Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vane M. uma coisa é certa, só falo bastante nos comentários quando me sinto confortável a fazê-lo, claro que por vezes lá vai um pedido de desculpa ou assim, mas se não me senti-se minimamente confortável para o fazer não o fazia :) Sim já me aconteceu escrever comentários sobre assuntos que nem abordei aqui, e que davam grandes posts!

      Abraços*

      Eliminar
  10. É muito bem vinda às salas de estar das minhas casinhas e gosto dos seus comentários. Não importa que sejam longos, o que nteressa é a substância.
    Quanto ao seu blog, não seja modesta, vá...
    desde que a conheci passo por aqui todos os dias com muito agrado. Infelizmente, agora só poderei voltar no domingo ou segunda-feira, porque vou estar fora e sem tempo para visitar os blogs. Mas quando regressar, ponho as leituras todas em dia :-)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos, vou contar uma historiazinha porque eu sei que o Carlos gosta de Histórias, estava eu no 6º ano e tinha uma professora de português que se chamava Cristina Oliveira, pequenina, optava por mostrar ar de má de modo a impor respeito, e impunha, mas era um doce de pessoa em simultâneo.
      No segundo período (no tempo em que eu tinha boas notas a português) estava com média dos 4 testes realizados até então de cerca de 90%, todos os outros parâmetros de avaliação eram nota 5, como no último teste eu tinha baixado se bem me recordo para os 84% (o que fez baixar a média para os 90%) tive receio de na minha auto-avaliação dizer que merecia o 5, e então auto-avaliei-me com 4, sabe o que ela me disse, e em tom bastante zangado? (A memória é uma caixinha engraçada, e eu tenho gravadas várias frases de professores que passaram na minha vida que foram verdadeiros mestres) "Achas mesmo que um 4 é uma nota justa para ti? Gostavas realmente que te aparecesse um 4 na pauta? O que é que ias sentir se eu te desse essa nota? Vocês irritam-me com a vossa falsa modéstia!" Claro que eu fui das primeiras a auto avaliar-me fui eu que levei com aquilo tudo, as minhas colegas na mesma situação já não fizeram o mesmo :p

      Tudo isto para dizer o quê. Falsa modéstia eu não tenho desde então, posso por vezes subestimar-me ou até por vezes não me dar o devido valor, mas falsa modéstia não :p

      Quando falei do meu blogue em comparação dos que leio, foi apenas a constatação de um facto :) Mas agradeço imenso as suas palavras!

      Beijinhos e obrigado

      Eliminar
  11. Por mim estás à vontade, não me importo nadinha com "testamentos". E a troca de ideias é sempre uma coisa positiva :) é bom conhecer outras perspectivas e pensarmos em coisas que não nos tinham ocorrido antes.

    Acho que o conceito de "mi casa, su casa" aplica-se em pleno na blogosfera :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Roger, "mi casa,es su casa" também :) Depois do comentário sobre a bola de ouro nem podia ser de outro modo :)

      Eliminar
  12. Na minha modesta moradia - que saudades que eu já tinha, da minha alegre casinha..... :)))) - pode comentar o que, e quanto, quiser.
    Sempre.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Coimbra, mesmo histórias gigantes sobre a minha figura ridícula quando aquele senhor me pediu comprimidos azuis e eu pensei que me estava a pedir Aerius certo? ;)))

      Beijinhos

      Eliminar
  13. É a falar (ou a escrever) que a gente se entende! Porque a blogosfera perdia toda a graça, se não tivesse a interatividade entre diferentes opiniões, independentemente de expressas em comentários curtos ou longos. Por vezes conseguimos traduzir em meia dúzia de palavras o que pensamos, outras não, no fundo resume-se a isso... :)

    E não há que pedir desculpa: a caixa de comentários está lá para isso! :D

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teté, importante é sabermos respeitar a opinião uns dos outros sobretudo quando os temas são mais delicados porque todos temos sensibilidades diferentes :)

      Obrigado pelas palavras :)

      Beijocas

      Eliminar

  14. Olá Poppy, Obrigado pelas visitas e comentários!
    Que são sempre Bem Vindos!
    Ja criei a etiqueta correspondente ao Diário dos Arruinados
    Beijocas

    http://lualibra.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sarah obrigado :) Não foi minha intenção impor nada na Lua Libra, é só mesmo uma sugestão porque se torna mais fácil para quem quiser acompanhar a história!

      Beijocas

      Eliminar
  15. Gosto quando comentas tudo que tens vontade...quer dizer que valeu muito fazer o post.
    ***
    Mary
    Tem um selinho de leitura para você lá no Blog.
    Beijinhosssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Pat. :))) Logo logo passo por lá!

      Beijinhos*

      Eliminar
  16. Respostas
    1. Pbrigado Ballet Shoes, o selo está mesmo engraçado, vou deixá-lo na barra lateral enquanto decorrer o desafio, a ver vamos se vou ter criatividade para escrever tantos posts :)

      Eliminar
  17. Minha querida,

    como te disse mais do que uma vez, podes debitar aquilo que pretenderes no meu blogue... para mim é um gosto ler os vossos comentários, os vossos feedback's!
    Não te acanhes, sê tu mesma sempre...


    um beijo grande!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alexandra é verdade que já me tinhas dito :)

      Beijinhos

      Eliminar
  18. Por mim, acho bastante gratificante ser comentada assim "à grande". O objectivo de escrever num blog não é somente ser lida, mas também dar algo a quem lê... se um post suscita uma grande reflexão, é porque cumpriu o seu objectivo. =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto Briseis concordo contigo, a partilha e a troca de ideias é das coisas mais interessantes dos blogues, mesmo quando em textos mais criativos acabamos por comentar de acordo com a nossa própria ineterpretação o que acho que é normal acontecer :)

      Eliminar
  19. Que continues a sentir-te em casa e a calçar as pantufas sempre que assim o entenderes :) É muito bom ter a companhia das tuas palavras. Um beijinho Poppy

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Helena, eu é que gosto muito da companhia das tuas palavras :)

      Um beijinho

      Eliminar
  20. Muito ou pouco, o que interessa é: FALAR!!! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar